Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Para acessar todo o conteúdo dessa página (imagens, infográficos, tabelas), por favor, sugerimos que desabilite o recurso.

Sustentabilidade

Proposta prevê redução da alíquota do IPTU para quem adotar práticas sustentáveis

Federação apoia PEC que incentiva adoção de determinadas medidas de preservação ambiental, como reúso de água e utilização de energia renovável

Ajustar texto A+A-

Proposta prevê redução da alíquota do IPTU para quem adotar práticas sustentáveis

Atrelar a contribuição para o meio ambiente a descontos no valor do IPTU é uma forma de incentivar a adoção de comportamentos sustentáveis
(Arte: TUTU)

Segundo a pesquisa ESG da FecomercioSP, cerca de 95% das empresas situadas na cidade de São Paulo que foram consultadas acreditam que suas atividades não causam efeitos negativos nas mudanças do clima, no uso do solo, na escassez de recursos naturais e de água e na poluição da água e do ar. Sabemos que não é bem assim – e que a atividade empresarial impacta, sim, o meio ambiente. O Conselho de Sustentabilidade da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) entende, no entanto, que os desafios atuais podem ser amenizados com a adoção de medidas sustentáveis.

Neste sentido, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 13/2019 trará benefícios ao meio ambiente e também ao bolso do empresário: a proposta visa autorizar os municípios a concederem desconto na alíquota do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) para quem adotar práticas sustentáveis, como o aproveitamento de águas pluviais, o reúso da água servida, o tratamento local das águas residuais, a recarga do aquífero, a utilização de telhados verdes, o grau de permeabilização do solo e a utilização de energia renovável no imóvel.

Leia mais sobre sustentabilidade
Saiba como as pequenas empresas podem reduzir os gastos com energia elétrica
Empresas se adaptam à economia de baixo carbono para reduzir impactos ambientais de suas atividades
Brasil precisa caminhar em direção a fontes renováveis para evitar repetição das crises hídrica e energética

Atrelar a contribuição para o meio ambiente a descontos no valor do IPTU é uma forma de incentivar proprietários-contribuintes de municípios brasileiros a adotarem comportamentos sustentáveis. Por isso, o Conselho de Sustentabilidade é favorável à aprovação da PEC 13/2019, pois acredita que a proposta vai conferir segurança jurídica às prefeituras para que estas instituam normas que incentivem as medidas de preservação ambiental.

Além disso, os benefícios ambientais a serem implementados auxiliarão no cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 (“7 – Energia Acessível e Limpa” e “11 – Cidades e Comunidades Sustentáveis”), bem como das metas previstas pelos planos de ação climática do Estado de São Paulo e da capital paulista.

Atuação

O texto será analisado no Senado, e a Federação já demonstrou aos senadores posicionamento favorável em vista dos benefícios ambientais.

Além disso, a FecomercioSP sempre tem se manifestado favoravelmente às propostas legislativas municipais relativas a incentivos fiscais a serem concedidos aos imóveis comerciais e residenciais pela implementação de boas práticas como telhados verdes, jardins e áreas verdes, uso de água não potável, geração distribuída de energia, dentre outros, em razão dos benefícios ambientais proporcionados, como a melhoria da qualidade do ar, a redução do consumo de energia elétrica e de água, diminuição de gases de efeito estufa, a diminuição de inundações e a recuperação de áreas verdes.

Clique aqui e saiba mais sobre o Conselho de Sustentabilidade.

Inscreva-se para receber a newsletter e conteúdos relacionados

* Veja como nós tratamos os seus dados pessoais em nosso Aviso Externo de Privacidade.
Fechar (X)