Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Para acessar todo o conteúdo dessa página (imagens, infográficos, tabelas), por favor, sugerimos que desabilite o recurso.

Podcasts

24/05/2021

Decreto traça metas para logística reversa de medicamentos

Varejo, atacado e indústria farmacêutica devem cumprir metas a partir de setembro deste ano

Ajustar texto: A+A-

Decreto traça metas para logística reversa de medicamentos

Grupo Dimed desenvolveu programa para evitar a contaminação do meio ambiente pelos medicamentos vencidos ou em desuso
(Arte: TUTU)

O interesse da cadeia na Logística Reversa (LR) de medicamentos tem crescido fortemente no setor. O assunto, tratado na série Soluções Sustentáveis, uma iniciativa da FecomercioSP, enfatiza ainda a importância do Decreto 10.388, que regulamenta a LR e estabelece fases que devem ser cumpridas pelas empresas.

“O decreto, escrito com a participação voluntária dos três elos: varejo, atacado e indústria farmacêutica, foi lançado em 2020 e dá um prazo para a implantação de um sistema nacional de LR com metas de até cinco anos, a partir de setembro deste ano”, afirma José F. Agostini Roxo, sócio-diretor de BHS, empresa com mais de 3 mil pontos de coleta gerenciados pela empresa em 23 Estados brasileiros. No áudio, ele explica também sobre o papel da BHS e das responsabilidades diretas de cada integrante no sistema de logística reversa.

Veja também:
Comerciante deve estar atento às novas datas das concorrências de certificado de reciclagem de embalagens
Em parceria inédita, FecomercioSP e Sebrae promovem cursos de capacitação empresarial e linhas de crédito para pequenos negócios
Nota técnica da Cetesb orienta sobre envio de informações de emissão de GEE para pequenas empresas

O Grupo Dimed se antecipou no cumprimento dessas obrigações e desenvolveu o programa Destino Certo, para evitar a contaminação do meio ambiente pelos medicamentos vencidos ou em desuso. “Somente em 2020 recolhemos, por meio do programa Destino Certo, mais de 20 toneladas de medicamentos vencidos. Além disso, estamos fazendo adaptações para atender cada vez com mais excelência às exigências que constam no decreto”, diz Antônio Napp, diretor Financeiro e de Relações com Investidores do Grupo Dimed.

Ouça o podcast:

O programa também está disponível no Spotify e no Apple Podcasts.