Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Para acessar todo o conteúdo dessa página (imagens, infográficos, tabelas), por favor, sugerimos que desabilite o recurso.

Negócios

19/11/2021

Tecnologia e inovação têm papel importante para a retomada da economia

Especialistas da FecomercioSP falam do conceito Innovation Experience (iX), com possibilidades de se popularizar cada vez mais após a pandemia

Ajustar texto: A+A-

Tecnologia e inovação têm papel importante para a retomada da economia

Experiência inovadora com benefícios para os consumidores
(Arte: TUTU)

Innovation Experience (iX) é um conceito ainda pouco conhecido no Brasil, mas com possibilidade de se popularizar cada vez mais. As características necessárias para uma empresa ofertar uma experiência inovadora ao cliente foram abordadas por Vitor Magnani, presidente do Conselho de Economia Digital e Inovação (CEDI), da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), no Innovation Xperience Conference 2021, realizado de 16 a 18 de novembro de 2021.

Na palestra de abertura, Magnani explicou que iX está baseado no alinhamento de três pilares:

*pessoas com habilidades individuais e de mentalidade voltada ao digital;
*tecnologia construída e/ou levada para a empresa;
*capacidade de ter um negócio repetível e escalável.

magnani_innovation_abertura
Vitor Magnani na abertura do evento
(Foto: Christian Parente)

“Na pandemia, as empresas passaram a experimentar, pela primeira vez, uma jornada de digitalização, e, apesar dos desafios, tivermos a oportunidade de intensificar este processo no Brasil, algo que vai além do simples uso de tecnologia. É justamente a intersecção dos pontos citados que resulta em uma experiência inovadora com benefícios para os consumidores”, enfatizou Magnani.

Leia mais sobre inovação
Inovação: a melhor solução nem sempre é a mais cara
Brasil tem potencial para se destacar na aplicação de IA em diferentes áreas
Inovar eleva produtividade mesmo em períodos de crise

Kelly Carvalho, economista e assessora técnica do CEDI, também participou do evento híbrido e disse que, embora a integração dos canais digitais com o mundo físico tenha se potencializado durante a pandemia, existem barreiras a serem superadas nas áreas de tecnologia e de inovação, principalmente para os segmentos tidos como tradicionais – por exemplo, os setores de vinho, educação, mídia e propaganda.

No painel “O2O na prática: os desafios para a integração do mundo phigital em segmentos tradicionais”, Kelly e os convidados falaram da necessidade de vender online e simplificar o processo de compra e o que é viabilizado pela tecnologia, assim como manter o foco no consumidor. Participaram do painel: Fábio Barcellos, Co-Founder e CEO da MOBBES, Laura Barros, Diretora de Marketing da Wine e Erick Moutinho, Sócio Fundados da Eskolare.

Para os presentes, a tecnologia precisa ser usada para eliminar as ineficiências dos segmentos tradicionais, e o empreendedor que disponibilizar a melhor experiência para os consumidores tornará os negócios mais acessíveis para outros consumidores e outras empresas também.

innovation_kellycarvalho_painel
Kelly Carvalho, Fábio Barcellos, Erick Moutinho e Laura Barros
(Foto: Christian Parente)

“As empresas tradicionais se apoiam na própria experiência e conhecem os obstáculos do setor e que atuam. Assim, elas conseguem adaptar as operações para atender às diferentes gerações. Por outro lado, temos um grande desafio que é a falta de mão de obra qualificada para preencher vagas abertas pela digitalização”, afirma Kelly.

Saiba mais sobre o Conselho de Economia Digital e Inovação (CEDI)

Faça parte!

Se você tem interesse na melhoria do ambiente de negócios para que a sua empresa possa crescer, conheça melhor a FecomercioSP. Você pode se tornar um associado e ter acesso a conteúdos e serviços exclusivos, além de descontos em eventos e outros benefícios.